Representantes da GMC pedem apoio à Câmara parnaibana

Publicado em 08/04/2015

A 9ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Santana de Parnaíba, realizada nesta terça-feira, 7, não teve ordem do dia e nem projetos de Lei apresentados, porém, foram realizadas as leituras e votações da pauta do dia, das indicações encaminhadas ao poder executivo, requerimentos diversos e uma moção. A Moção apresentada foi a de nº 22, de autoria do presidente da Câmara Ronaldo Santos e dos vereadores Guilherme Correia e Régis Salles, de aplausos ao Reverendo Hilder C. Stutz e ao bicampeão mundial de automobilismo, Emerson Fittipaldi, em razão do evento realizado na Igreja Presbiteriana do Bairro de Alphaville, Campus Tamboré, no último dia 26. Também foi lido o requerimento de pesar em homenagem póstuma ao Guarda Municipal Antonio Barbosa de Faria, falecido no último dia 5, vitimado pela Dengue. O documento foi assinado pelo presidente da Câmara Ronaldo Santos, e pelos vereadores Nequinho Desanti, Dr. Rogério, Guilherme Correia, Gino Mariano, Agnaldo Moreno, Chiquinho Miguel, Régis Salles e Vicente Augusto da Costa. Nesta 9ª Sessão, a Câmara recebeu uma comissão de negociação com integrantes do corpo da Guarda Municipal Comunitária, agentes de trânsito e operadores de tráfego, motoristas e vigias municipais, que apresentaram documento com a pauta de suas reivindicações. Essas categorias profissionais estão em estado de greve desde o dia 31 de março e reivindicam reajuste salarial que recupere as perdas causadas pela inflação dos últimos 3 anos mais um percentual complementar, num total de 40%; revisão do plano de carreira; cargos e salários; melhores condições de trabalho, entre outras. A Comissão vem tentando, sem sucesso, há mais de uma semana, um acordo com o prefeito municipal, Elvis Cezar, para por fim à greve, razão de terem buscado apoio entre os vereadores parnaibanos. Segundo Luis Carlos, representante do Sindicato dos Guardas, que teve oportunidade de se manifestar na tribuna, “os guardas parnaibanos, assim como os vigias, motoristas e agentes de trânsito e tráfego, estão reivindicando um salário digno, pois além de receberem a pior remuneração da região metropolitana oeste, receberam a promessa do então prefeito Elvis Cezar, quando em campanha para a prefeitura, de que aumentaria os vencimentos da Guarda Municipal, promessa esta não cumprida que causou a revolta e indignação de todos. O Guarda municipal merece respeito!”, finalizou em tom enfático.