Camara de Santana de Parnaíba

Câmara recebe direção da Caixa de Previdência municipal



Publicado em 27/01/2017

Na tarde de ontem 26, o presidente da Câmara Municipal de Santana de Parnaíba, vereador Marcos Tonho, recebeu em seu gabinete os diretores administrativos da ParnaíbaPrev - Caixa de Previdência do município parnaibano, para apresentação de projetos e informações sobre o desempenho da entidade, além de tratar de assuntos referentes a formação dos Conselhos fiscal e administrativo. Estiveram presentes a presidente da Caixa, Drª Maria de Fátima Pereira; a diretora jurídica Drª Mariane Maturano Rodrigues Fulrman e o diretor Financeiro Ênio Fusco Pavan, que se reuniram com o presidente da Câmara Marcos Tonho e com os funcionários da Casa de Leis, a Diretora de Contabilidade Eva Terezinha Martins, a Chefe da Divisão de Protocolo e Gestão Documental Rosilene Rodrigues dos Santos Sugahara e o membro do Comitê de Investimentos da Caixa de Previdência, a representante da Câmara, Vivian Sabbag Saad. Na ocasião a drª Maria de Fátima apresentou um esboço dos investimentos realizados e ressaltou a importância do alinhamento de trabalhos entre os poderes executivo, legislativo e a Caixa, que faz a gestão dos fundos assistenciais dos funcionários públicos do município. O ParnaíbaPrev é uma autarquia previdenciária que congrega mais de seis mil servidores efetivos. Os repasses mensais realizados pelo executivo e legislativo, somando-se a rentabilidade obtida no ano de 2016, oriundos de aplicações em fundos de investimentos nas principais instituições financeiras e a inserção da autarquia no programa da Pró gestão do MTPS (Ministério Trabalho e Previdência Social) tiveram efeitos positivos com cálculo atuarial de superávit, o que, segundo o site da Previdência, coloca Parnaíba em 18º lugar no ranking estadual (entre 192 municípios do estado com entidades similares) e em 52º, no nacional (entre 1411 entidades), em patrimônio. Segundo o presidente da Casa de Leis, Marcos Tonho, a boa gestão dos recursos da Caixa de previdência nos dá tranquilidade quanto ao futuro: “com números não há discussão. Ficamos aliviados em saber que os funcionários públicos do município tem essa segurança e não precisam se preocupar, ainda mais quando comparamos com a situação em que se encontra o sistema previdenciário nacional, o INSS”.