Câmara aprova anistia administrativa aos funcionários de movimentos reivindicatórios

Publicado em 03/06/2015

Na 16ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Santana de Parnaiba, ocorrida nesta terça-feira, 2, mais uma vez não foram votado os projetos que compõem a Ordem do Dia, em apoio aos Guardas Municipais, Operadores de Tráfego, Agentes Trânsito, Motoristas e Vigias, em greve há mais de dois meses por melhores salários e condições de trabalho. Essa foi uma forma dos vereadores de oposição manifestarem seu protesto ao modo de como o Poder Executivo tem lidado com a situação, sem receber para diálogo os integrantes do movimento reivindicatório. Mas foram votados dois Projetos, incluídos em caráter de emergência e de interesse específico dos funcionários em greve e dos funcionários da Câmara Municipal: O PL nº 083/2015, de autoria do Presidente da Casa de Leis, Ronaldo Santos, em parceria com os vereadores Nequinho Desanti, Dr. Rogério, Guilherme Correia, Gino Mariano, Agnaldo Moreno, Ângelo da Silva, Chiquinho Miguel, Régis Salles e Vicente Augusto da Costa, que concede anistia, geral e irrestrita aos Guardas Municipais, Operadores de Tráfego, Agentes Trânsito, Motoristas e Vigias, que participaram dos movimentos reivindicatórios de Greve/paralisação, punidos e/ou que possam a vir ser punidos e o Projeto de Resolução nº 007/2015, de autoria da mesa diretora, que dá nova redação ao artigo 1º, da resolução nº 002/2015, alterado pelas resoluções nºs 011/2013 e 001/2014 e se refere à fixação de regra para o pagamento de auxílio transporte aos servidores do poder legislativo. Os projetos foram aprovados.