Em protesto, vereadores Parnaibanos não votam Ordem do Dia

Publicado em 13/05/2015

A 13ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Santana de Parnaíba, ocorrida nesta terça-feira, 12, mais uma vez contou com a presença de guardas municipais, agentes de trânsito, operadores de tráfego, motoristas e vigias, todos em greve há mais de 40 dias, que assistiram a Plenária em busca de apoio para o movimento grevista. Na Sessão, além da apreciação e votação de requerimentos e indicações, foi apresentada a Moção de aplausos nº 25, de autoria do vereador Alemão da Banca, que homenageia a todos os participantes que direta ou indiretamente foram responsáveis pela produção executiva do tradicional evento “Drama da Paixão de Cristo”. Também foi apresentada pelo vereador Nequinho Desanti a Moção de Aplausos nº 33, em comemoração ao Dia do Enfermeiro, celebrado em 12 de maio. Após o uso da Tribuna Livre, espaço destinado para manifestação de ideias e opiniões dos parlamentares por um período de cinco minutos para cara um, o vereador Régis Salles sugeriu a não votação dos Projetos de Lei que compõem a Ordem do Dia em protesto contra a falta de diálogo entre os poderes Executivo e o Legislativo e em apoio ao movimento dos grevistas, que estão há mais de 40 dias paralisados sem perspectivas de negociação e solução para o impasse. A sugestão do vereador foi apresentada e aprovada pela maioria de seus pares.