Camara de Santana de Parnaíba

Vereadores parnaibanos se reúnem com representantes da Sky



Publicado em 23/03/2015

Em reunião realizada no gabinete da presidência da Câmara de Santana de Parnaíba, que contou com a presença dos representantes da empresa de canal por assinatura Sky, sr. Adir de Souza Matos, vice-presidente; Drª Júlia Cristina Salem Mendonça Porto, gerente departamento Jurídico; engenheiro Luís Otávio, departamento de Engenharia e Felipe Herzog, de relações institucionais, que se reuniram com o presidente da Câmara Ronaldo Santos, vice-presidente Nequinho Desanti, o primeiro secretário Dr. Rogério, o segundo secretário Guilherme Correia, o tesoureiro Gino Mariano e os vereadores Agnaldo Moreno, Chiquinho Miguel, Régis Salles e Vicentão. Na pauta principal da reunião tratou-se dos motivos da saída da Sky da cidade de Santana de Parnaíba. Segundo informação do sr. Adir a expansão da empresa, aliada a necessidade de implantação de um novo sitio de transmissão, que não poderia se estabelecer em um raio inferior a 100 km da sede atual,devido a área de cobertura dos sinais de satélite, obrigou a empresa a buscar locais alternativos para a implantação desta nova logística de funcionamento. Traçando um breve histórico, a Sky, que após se fundir com a empresa Direct TV, se estabeleceu no município parnaibano e contava, na ocasião, com um contingente de clientes na ordem de 1300.000 assinantes que geravam uma receita ao município em torno de R$ 16.000.000,00, aproximadamente. Com o crescimento da empresa no cenário nacional, ampliando para 5.600.000 o número de assinantes, garantindo uma participação do mercado nacional na ordem de 30%, a empresa sentiu a necessidade de uma reestruturação técnica e física, para garantir a qualidade dos serviços. Para isso, além da necessidade de mudança para uma instalação maior, será preciso um outro espaço para o chamado “Back-up” dos produtos da empresa e para uma outra base de transmissão, que além de melhorar a qualidade do sinal, garantirá uma segurança maior ao sistema, eliminando qualquer vulnerabilidade técnica da empresa. Optaram por manter, então, uma base em Santana de Parnaíba e montar uma nova unidade, que abrigará uma estrutura maior de serviço. Após análise técnica de engenharia, esse local escolhido para as novas instalações foi o município de Jaguariúna, no interior paulista. A transferência da estrutura de serviços para outra cidade será gradativa e somente após 2018 estará completa, com a mudança de 75% do efetivo da empresa. Segundo compromisso firmado com os vereadores, o vice presidente da Sky garantiu ainda que ficará no município cerca de 25% das operações da Sky, que representa uma arrecadação aproximadamente de R$ 25 milhões anuais para Santana de Parnaíba, bem acima dos valores praticados em 2006, quando se estabeleceram no município. Segundo Adir, devido a empresa já contar com uma estrutura “enxuta” no quadro profissional, haverá pouquíssimas demissões o que pouco impactará na região. A contrapartida da Câmara Municipal Segundo acordado com os representantes da Sky, os vereadores parnaibanos procurarão o Poder Executivo da cidade para que seja feito uma emenda ou reedição da Lei Municipal nº 2757/2006, que autoriza o Poder Executivo a conceder incentivos fiscais às empresas de distribuição de programação de televisão multicanal por assinatura, via satélite, cuja instalação, ampliação ou continuidade no município seja julgado de excepcional interesse com relação ao desenvolvimento econômico e social da cidade. O Artigo 2 desta Lei estabelece o prazo de concessão destes benefícios fiscais por um período 10 anos, a contar da instalação da empresa no município, que, no caso, expira em 2016. A prorrogação deste prazo e a manutenção e garantia destes benefícios será fundamental para a permanência da Sky em Santana de Parnaíba.